DIRETO DA REVISTA: EXAGERADOS!

A alegria, os desentendimentos e a genialidade de uma das bandas mais icônicas dos anos 1980 são retratados em Barão Vermelho – Por Que a Gente é Assim?, documentário realizado pela cineasta Mini Kerti

Por Eduardo Torelli Fotos Divulgação

O rock nacional “oitentista” gerou uma galeria de ídolos, todos eles, muito talentosos. Mas alguns são mais “idolatráveis” que outros, seja pelo impacto de sua música na arte e na sociedade do país, seja pela consistência e a qualidade de suas obras. É no topo do panteão de astros daquela época que encontramos o Barão Vermelho, uma banda de muitos sucessos, crises e fases. A história do grupo é contada no bom documentário Barão Vermelho – Por Que a Gente é Assim?, produzido pela Conspiração Filmes e pelo próprio Barão Vermelho e dirigido por Mini Kerti.

Realizado de forma original e com revelações surpreendentes sobre a trajetória da banda, o “doc” está na programação do canal Curta! e é obrigatório não só para fãs inveterados do Barão, mas para qualquer espectador interessado em música. O filme lembra, nostalgicamente, as origens do lendário grupo de rock e oferece um viés sincero das personalidades de seus integrantes (que, apesar das brigas e da separação que resultou nas carreiras separadas da banda e de seu primeiro vocalista, Cazuza, se mantiveram fiéis uns aos outros, apesar de suas divergências criativas).

Ficou curioso para ler todos os detalhes desse documentário? Então você terá que ler todos os detalhes em nossa revista. Todo o conteúdo poderá ser encontrado na seção Por Trás da Cena. Não deixe de conferir! CLIQUE AQUI para ser redirecionado para a nova edição e conferir tudo na íntegra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here