Sesc Santo André apresenta fotografias de Vicente de Mello na exposição “Brasília Utopia Lírica”. Mostra conta com 17 fotografia em preto e branco

Começa hoje na Galeria do Sesc Santo André a exposição “Brasília Utopia Lírica”, do fotógrafo paulistano Vicente de Mello. Com curadoria de Beatriz Lemos e Waldir Barreto, a mostra conta com 17 fotografias em preto e branco, feitas em 2011 com uma câmera rolleiflex, característica dos anos 50. Além de explorar de maneira poética a arquitetura de traços simples e geométricos da capital federal, propõe um novo olhar para a visão habitual que temos das paisagens urbanas em nosso cotidiano.

Reconhecido por seus ensaios sobre o corpo humano, paisagens, objetos e ambientes privados, Vicente tem trabalhos nos acervos Gilberto Chateaubriand e Coleção Pirelli, do MASP, e na Maison Européenne de la Photographie e Fundação Cartier, em Paris.

O projeto, que segue em cartaz até o dia 29/10, inclui também a instalação inédita “In Orbit”, composta pela série “Lápidus”, formada por fotogramas – imagens produzidas sem câmera e sem negativo em laboratório fotográfico. As composições são constituídas por aglomerações de pedras apoiadas em papel fotográfico analógico que, ao receberem luz direta, marcam um intenso contraste entre a luminosidade das formas e uma área escura, fazendo com que uma imagem seja completamente diferente da outra.

Essa será a primeira vez que as 130 pedras que deram origem a essa série poderão ser vistas no Espaço de Tecnologias e Artes (ETA). Lá os objetos originais serão apresentados na mesma posição em que foram registrados os fotogramas. Com isso, o visitante poderá comparar os objetos colecionados, os fotogramas e as reproduções em grande formato.

Ambos os eventos ocorrem de forma gratuita no Sesc Santo André. Para mais informações acesse: http://www.sescsp.org.br/santoandre