ATITUDE E ELEGÂNCIA – LINHA DE INVERNO DA ELLUS GANHA FILME

Filme realizado pela Zohar Cinema para promover a linha inverno 2016 SportDLX, da Ellus, esbanja identidade no conceito, na fotografia e na edição

Texto: Eduardo Torelli
Imagens: Divulgação

Há muito tempo que os laços entre o esporte e a moda se estreitaram. Se houve época em que esses dois conceitos eram divergentes (senão antagônicos), isto ficou para trás, à medida que os trajes esportivos absorviam mais e mais influência do mundo “fashion”. Um bom exemplo é a nova linha inverno 2016 SportDLX, da Ellus, cujo lançamento teve direito a um caprichado filme produzido pela Zohar Cinema. A direção de cena é de Marcos Mello.

A peça é parte de uma campanha publicitária que reconecta a grife às suas raízes de moda jovem e urbana (a coleção propriamente dita foi lançada durante a última edição da São Paulo Fashion Week). No filme, produzido em São Paulo (SP), a ubermodel Carol Tretini comanda a cena, ao lado dos modelos Ronaldo Martins e Lucas Gonzaga e do bailarino Alan Fabre. O “look” é personalíssimo, com um esplêndido uso do preto e branco, uma edição ágil e uma ênfase em movimentos atléticos que destacam os acessórios da marca e fundem os conceitos de moda e esporte.

O filme tem a mesma linguagem visual do catálogo fotográfico da linha inverno 2016 SportDLX. Segundo Marcos Mello, sempre surgem projetos incríveis da parceria com a diretora criativa Adriana Bozon. Segundo o diretor de cena, são trabalhos cheios de liberdade estética e poética e voltados para o conceito, não o produto. “O desafio de fazer Ellus é a superação marcante da marca, que vem, há décadas, imprimindo seu estilo próprio.”

Movimento corporal
Com sede no Rio de Janeiro (RJ) e escritório em São Paulo (SP), a Zohar Cinema está em atividade há 27 anos. A empresa atua nos segmentos de publicidade, entretenimento e conteúdo de marcas. No Brasil, a Zohar representa grandes produtoras internacionais, incluindo: Academy Films, Concreto Films, Gorgeus, MJZ, Nexus, Park Pictures, Palermo Films e Radical Media.

Em entrevista à Zoom Magazine, Marcos Mello conta que o roteiro do filme foi elaborado a partir da estética, alinhando o movimento corporal com as peças e a beleza dos corpos atléticos vistos em cena. “Já no que se refere ao elenco, a modelo Carol Tretini tem sido, ao longo de algumas temporadas, o ‘rosto’ da Ellus – logo, foi natural ela abrir a campanha da nova linha Sport DLX.

O realizador também conta que não chegou a ser construído um set para a produção da peça. “Focamos o corpo e seus movimentos, por isso, usamos um fundo branco”, prossegue. “Em termos de fotografia, a ideia foi trabalhar com uma luz marcada, que valorizasse as linhas e definições da anatomia do elenco.” As imagens foram captadas com uma câmera Red Epic Dragon 6K.

Além de Adriana Bozon e do diretor de cena Marcos Mello, o filme contou com a expertise de outros profissionais: Rodolfo Souza (styling), Estela Padilha (direção de arte e criação), Dani Hernandez (beauty), Rodolfo Goulart (montagem), Anderson Silva (assistente de câmera), Carlos Belizário (gaffer) e Roque Castro (eletricista). Mello também assinou a direção de fotografia e a pós-produção ficou a cargo da Cavallaria.

Dinamismo
“No que se refere à edição, optamos por um estilo dinâmico e com ritmo rápido e dançante”, acrescenta Marcos Mello. “É a minha identidade de montagem. O processo em si foi executado com o Premier CC.”. O diretor também informa que, apesar da plasticidade arrebatadora do filme, nenhum efeito de pós-produção foi necessário. “Não recorremos sequer à correção de cor. Não queríamos tirar o aspecto natural da imagem e da fotografia.”

A proverbial “cereja do bolo” – a trilha sonora – foi um “mix” de eletrônico e rock, que não apenas caiu como uma luva na peça em questão, como ressaltou a identidade da Ellus, sempre cheia de atitude musical.