BRASIL EM CANNES: ‘CINEMA NOVO’ ESTÁ NA SEÇÃO ‘CANNES CLASSICS’

Filme de Eryk Rocha investiga o principal movimento cinematográfico latino-americano pela visão de seus autores

Texto: Karina Fascina
Imagens: Divulgação

O Brasil já tem representante em Cannes. O longa ‘Cinema Novo’, de Eryk Rocha, foi selecionado para a seção ‘Cannes Classics’, que integra o Festival de Cannes entre os dias 11 e 22 de maio, na França. A seção na qual o brasileiro foi selecionado é voltada para filmes clássicos e do patrimônio do cinema mundial em cópias restauradas, além de filmes que homenageiam o cinema.

O longa é um “filme-ensaio” que investiga, de forma poética, o principal movimento cinematográfico latino-americano, através do pensamento dos seus principais autores: Nelson Pereira do Santos, Glauber Rocha, Leon Hirszman, Joaquim Pedro de Andrade, Ruy Guerra e outros. O diretor, que já apresentou o curta ‘Quimera’ na edição de 2004 do Festival, afirma que o filme é resultado de um grande trabalho em equipe. “Cinema Novo é composto de múltiplos fragmentos de filmes e arquivos, e é fruto de um longo e denso processo de nove meses de montagem que contou o com magnifico trabalho do montador Renato Vallone. Nesse sentido foi essencial a participação das diversas famílias dos autores que nos ajudaram a construir esse filme”, conta.

‘Cinema Novo’ concorre ainda ao prêmio L’Œil d’or (Olho de Ouro) voltado ao Melhor Documentário do Festival de Cannes, escolhido a partir da seleção das obras desse gênero de todas as mostras do evento.

Veja Também