CINEMA FRANCÊS DE GRAÇA EM SÃO PAULO

Cinemateca Brasileira recebe mostra especial com filmes de cineastas franceses neste mês

Texto: Karina Fascina
Imagens: Divulgação

Com entrada franca, a Cinemateca Brasileira promove – entre os dias 19 e 22 deste mês – a mostra ‘Clássicos do Cinema Francês’. O principal destaque da programação fica por conta de dois clássicos do cineasta Philippe Garrel (‘Beijos de Emergência’ e ‘Já Não Ouço a Guitarra’), além do longa ‘O Desprezo’, de Jean-Luc Godard.

A Cinemateca Brasileira fica localizada no Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino.

Confira a programação completa:

Quinta-feira – 19/05
SALA BNDES
20h00 – Pickpocket

Sexta-feira – 20/05
SALA BNDES
20h00 – A Esquiva

Sábado – 21/05
SALA BNDES
18h00 – Carrossel da Esperança
20h00 – O Desprezo

Domingo – 22/05
SALA BNDES
17h00 – Beijos de Emergência
19h00 Já Não Ouço a Guitarra

SINOPSES

Pickpocket, de Robert Bresson – França, 1959
Michel começa a bater carteiras por dinheiro, depois por prazer e adrenalina, até o estranho hobby tornar-se um vício. Preso, ele reflete sobre o assunto, pensa na família e na namorada, Jeanne, mas por fim a obsessão fala mais alto e ele volta ao crime – agora muito mais habilidoso.

A Esquiva, de Abdellatif Kechiche – França, 2003
Adolescentes do subúrbio de Paris descobrem o amor enquanto encenam uma peça de Marivaux. Krimo, quinze anos, marrento e tímido, tenta conquistar a bela Lydia,e planeja usar as palavras do dramaturgo para declarar seu amor. A tarefa, simples na teoria, acaba revelando-se muito mais difícil que o esperado.

Carrossel da Esperança, de Jacques Tati – França, 1949
Uma vez por ano, uma feira traz, para o pequeno vilarejo de Sainte-Sévère, no interior da França, atrações como um cinema ambulante. Numa das sessões, François, o carteiro do local, assiste à projeção de um documentário sobre o serviço postal norte-americano e decide colocar o método em prática para fazer o correio chegar mais rápido.

O Desprezo, de Jean-Luc Godard – França, 1963
Paul Javal é um roteirista que planeja ir a Roma trabalhar em uma adaptação da obra A Odisséia, que contará com a direção de Fritz Lang. Enquanto decide os últimos detalhes para aceitar o trabalho, sua relação com a esposa, Camille, começa a desabar, em um jogo de paixão, ciúmes e desprezo.

Beijos de Emergência, de Philippe Garrel – França, 1989
Mathieu, diretor, se prepara para gravar um novo filme. Ele escolhe como protagonista, uma atriz famosa. Porém, sua esposa Jeanne, acredita que a história do filme é autobiográfica. Ela considera essa escolha como uma traição.

Já Não Ouço a Guitarra, de Philippe Garrel – França, 1991
Gerard havia encontrado sua felicidade: o amor. Marianne e ele estavam em Positano há algum tempo com Martin, melhor amigo de Gerard, e Lola, sua companheira. O grupo retorna à Paris, e Gerard passa todas as noites na casa de Martin fumando haxixe, tocando guitarra e falando de Marianne. Mas, um dia, ela o deixa por causa de um outro homem.

Veja Também