Ensaios da vida

Com textos de Simone de Beauvoir, ‘Em Três Atos’ faz viagem pelos ciclos da vida

Texto: Karina Fascina
Imagens: Divulgação

Dirigido por Lucia Murat, ‘Em Três Atos’ já está em cartaz nos cinemas brasileiros. O filme encena dois textos da escritora Simone de Beauvoir – ‘La Vieillesse’ e ‘Une Morte Très Douce’.

Com narração alternada pelas atrizes Andréa Beltrão e Nathália Timberg, ‘Em Três Atos’ também traz as bailarinas Maria Alice Poppe e Angel Vianna que dão vida às personagens – uma no auge da carreira e outra na velhice, com 85 anos. Os diálogos são inspirados nos escritos de Beauvoir, enquanto as duas mulheres ensaiam a dança contemporânea e confrontam os ciclos da vida, do envelhecimento e da morte.

A trilha sonora se divide entre ‘Não Dá Mais pra Segurar/Explode Coração’, de Gonzaguinha e ‘Estão Voltando as Flores’, de Paulo Soledade. Na parte instrumental, o longa conta com as clássicas ‘Tristão e Isolda’, de Richard Wagner e ‘Brasilianas’, de Edino Krieger.

‘Em Três Atos’ foi uma das principais atrações brasileiras no Festival do Rio e também marcou presença na 39ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo que aconteceu no final de outubro.

Compartilhar
Artigo anteriorTela mágica
Próximo artigoCinema todo dia!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here