FESTIVAL CINE CARAMELO EM PORTO ALEGRE

Em sua terceira edição, festival em Porto Alegre teve oficinas e sessões de cinema para crianças e adultos

Por Redação

Fotos Divulgação

Dedicado à reflexão de temas sobre a infância e juventude, além de incentivar momentos artísticos e culturais, o Cine Caramelo – Festival Infantojuvenil de Cinema, que aconteceu de 01 a 08 de novembro na cidade de Porto Alegre (RS), chegou à sua terceira edição. O local foi a Sala Redenção, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, e houve uma intensa programação gratuita para crianças, jovens e adultos, com exibições de filmes, sessões comentadas e um “Encontro Brincante” para adultos.

A programação trouxe 19 filmes clássicos e contemporâneos, selecionados pela curadora Andreia Vigo, que proporcionaram diversão, fantasia e aventura, além de lançarem sementes para a reflexão sobre questões como: diversidade cultural, cuidados com o meio ambiente, valorização da amizade, afeto e amor à família. O Cine Caramelo também teve a Mostra Curta Saci, com cinco curtas sobre mitos do folclore brasileiro e contação de histórias após a exibição.

No “cardápio” de obras exibidas havia filmes que colocavam a cultura da infância como tema central, assim as sessões dedicadas a adultos: ficção e documentários que laçavam olhares sobre a importância da primeira infância na formação de cada pessoa, os desafios da passagem da adolescência para a vida adulta, o drama da alienação parental e uma série de filmes sobre a cultura da infância, o brincar e o espírito lúdico.

Bons exemplos são: o documentário Tarja Branca (voltado à importância do brincar na vida adulta) e Brincante (dedicado ao multiartista Antonio Nóbrega, que destaca seu envolvimento com as manifestações artísticas populares). Já o filme Ponto Zero ganhou uma sessão comentada com o diretor José Pedro Goulart e o ator Sandro Aliprandini.

Veja Também