Arte brasileira e tecnologia Canon: uma parceria de sucesso!

0
Longa brasileiro O Galã foi filmado com tecnologia Canon

A parceria entre tecnologia e arte está cada vez mais em alta. Uma ideia criativa ou mesmo sublime pode ter seu resultado maximizado com o apoio tecnológico.

Esta diretriz tem um exemplo na comédia nacional O Galã, destaque nos cinema brasileiros neste primeiro semestre. Quem fala sobre a parceria “tecnologia/arte” é o diretor de fotografia do longa, Lúcio Kodato.

A produção recebeu o apoio da Canon e foi filmado a partir de seus materiais de última geração: uma câmera EOS C500 e lentes EF Cinema Prime.

Thiago Fragoso estrela O Galã

De acordo com Kodato, a câmera escolhida foi relevante para o resultado estético do filme. Ele optou pela Canon EOS C500 devido à textura, sensibilidade e peso do equipamento. Além disso, foram utilizadas lentes Canon Cinema Prime 14, 24, 35, 50, 85, 135mm (Canon do Brasil e Elitecam). “Gravamos em 4K / RAW no Odyssey”, afirma Kodato. “O Tico da HDVloc nos habilitou o gravador para C500 em 4K/RAW, ainda com pouca possibilidade de locação deste equipamento”.

A Canon se orgulha da parceria desenvolvida. “Quando as negociações começaram, ficamos felizes em contribuir com um filme tão especial e o resultado foi muito além de nossas expectativas”, conta Yuri Henrique Nieto, executivo de contas de Produtos Profissionais da Canon. “A fotografia do filme surpreende pelo padrão hollywoodiano que o Lúcio conseguiu atingir utilizando nossos equipamentos, em especial as cores, que são resultado de todo o know-how da Canon, que vem desde a fotografia still até a linha Cinema EOS”.