Recorde de público marca aniversário do Circuito Spcine

A programação infantil continua sendo o carro-chefe, ocupando as quatro primeiras colocações no ranking dos filmes mais vistos. Carrossel 2 está em primeiro lugar, com 24,5 mil espectadores, seguido por Procurando Dory (19,4 mil) e Pets – A Vida Secreta dos Bichos (18,8 mil). Entre 9 de 15 de março, o Circuito também registrou a semana recorde de público – 20 mil pessoas –, puxado por filmes como Moana, Minha Mãe é uma Peça 2 e Os Saltimbancos Trapalhões Rumo à Hollywood.

“Gosto de lembrar do início, quando o Circuito era um projeto em construção, e comparar com o que ele representa hoje social e culturalmente. É uma política pública efetiva de acesso à cultura cinematográfica”, define Mauricio Andrade Ramos, diretor-presidente da Spcine.

O coordenador de programação do Circuito, Rafael Carvalho, destaca a diversidade do processo curatorial e faz um balanço da área, “tivemos de tudo. Blockbusters, filmes autorais, de gênero – como terror, animação, musical, drama, comédia -, documentários, títulos de festivais como É Tudo Verdade, Mostra Internacional de Cinema, In-Edit, Latino-Americano, só para ficar em alguns exemplos”.

Além das exibições, foi feita uma parceria com realizadores. Desde o ano passado, o projeto Encontro com Cineastas, em parceria com a Revista de Cinema, e as sessões seguidas de debate vêm colocando diretores e produtores, como Daniel Ribeiro, Renato Cândido, Luiz Bolognesi e Pedro Morelli, frente à frente com o público para falar sobre suas obras.

O Circuito está em 17 das 32 prefeituras regionais de São Paulo e suas 20 salas estão distribuídas em CEUs (15 salas), no Centro Cultural São Paulo (2), na Biblioteca Roberto Santos (1), Cine Olido (1) e Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes (1). Nos CEUs (Centros Educacionais Unificados) e no Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes, a entrada é gratuita. Já nos centros culturais, o preço do bilhete varia de R$ 2 a R$ 4.

Veja Também