UM OLHAR POÉTICO SOBRE SÃO PAULO

0

Quinta mostra do programa “Nova Fotografia” destaca o trabalho de Márcia Beltrão

O MIS recebe a quinta mostra do programa “Nova Fotografia 2019”, chamada “Em Curso”, que tem como destaque o trabalho da fotógrafa Márcia Beltrão. Com entrada franca, a exposição fica em cartaz até 01 de dezembro, no Espaço Nicho.

A estreia da Mostra foi em 30 de outubro. Na programação do dia, a fotógrafa participou de um bate-papo aberto ao público com Ronaldo Entler, responsável pelo acompanhamento curatorial da mostra.

Ao visitar “Em Curso”, o público observa a visão da fotógrafa com relação ao trem, o Rio Pinheiros e sua paisagem, que convivem lado a lado, atravessando parte da cidade de São Paulo. “Ao fotografar o percurso que o trem faz nas margens desse rio, me remeto à experiência cinematográfica, em que as janelas servem como “frames”, que se repetem e contam histórias. As histórias dessa cidade e das pessoas que por ela passam”, conta Márcia.

A série foi iniciada em 2015. Márcia adotou o ponto de vista de quem está no trem e segue acompanhando as margens do rio, se colocando no eixo desse contraste. “Entendo que o trem é o ponto de convergência entre as pessoas e o rio. A janela é um lugar pelo qual a gente olha e traz o novo, servindo, também, como um respiro e distraindo do caos ao redor. O movimento do trem adiciona a fragmentação”, diz a fotógrafa.

“Acostumada a ver o mundo pelo enquadramento da câmera, ela descobre que o trem, com seu ritmo e suas próprias molduras, constitui um dispositivo capaz de falar o idioma fragmentário de nossas paisagens”, diz Ronaldo Entler. “Essas imagens não são capazes de restituir nem as belezas, nem as promessas que ficaram pelo caminho. Mas, ao menos, elas inventam uma gramática que permite traduzir as contradições da cidade em breves encontros poéticos”, completa. A série é composta por 17 dípticos e duas imagens individuais.