UMA BOA IDEIA!

0
A Conspiração é vencedora do Emmy International de Best Comedy, com A Mulher Invisível, que teve Selton Melo (à direita) como um dos protagonistas

Novo departamento da Conspiração Filmes será responsável por fazer a curadoria e a gestão criativa de projetos e propriedades intelectuais da produtora.

A produtora Conspiração agora conta com um núcleo de Desenvolvimento e Criação, que será responsável por fazer a curadoria e a gestão criativa de projetos e propriedades intelectuais da empresa. O departamento também contribuirá para atrair novos talentos e ativos.

        “É um passo importante para o fortalecimento dos novos negócios da produtora, que inclui a promoção da imagem da América Latina para o mundo, alinhado ao propósito de encontrar sempre a melhor versão de cada história que contamos”, afirma Clarisse Goulart, que atua há 20 anos no mercado audiovisual e assumiu a liderança da área, agora, sob o título de Diretoria de Business Affairs e Desenvolvimento de Projetos. Com a iniciativa, a produtora espera garantir um atendimento completo do desenvolvimento de todas as criações da casa (tanto do ponto de vista artístico quanto de negócios) e atender o crescimento da demanda de players internacionais no mercado audiovisual.

        A área tem o desafio de manter o volume de ideias da produtora, contemplando a diversidade na oferta de temas, gêneros, público e faixa etária. Sendo assim, encabeça o mapeamento de talentos e propostas vindas de diferentes fontes, como o mercado literário ou de podcasts. Também fica responsável por gerenciar autores e salas de roteiro, e a relação com canais e plataformas de distribuição, centralizando toda a etapa de desenvolvimento.

        Uma das maiores produtoras independentes do país, a Conspiração é vencedora do Emmy International de Best Comedy, com A Mulher Invisível, e tem seis indicações ao maior prêmio da TV internacional, o Emmy. Realizadora de séries como Sob Pressão (TV Globo), Magnífica 70 (HBO) e 1 Contra Todos (Fox), também lançou mais de 30 longas-metragens, inclusive os blockbusters Vai Que Cola, Eu Tu Eles e 2 Filhos de Francisco.