Abertas as inscrições para a Gira Curta, mostra itinerante do Festival Curta Brasília

0
Vidas Cinzas foi um dos destaques do último Festival Curta Brasília
Vidas Cinzas foi um dos destaques do último Festival Curta Brasília

As exibições ocorrem de 25 de outubro a 15 de dezembro, com entrada gratuita; podem participar espaços de exibição como cineclubes, escolas, centros culturais, etc

De 25 de outubro a 15 de dezembro, cineclubes, centros culturais, escolas e universidades terão a oportunidade de participar da Mostra Itinerante Gira Curta, promovida pelo Festival Curta Brasília. A iniciativa antecipa o Festival, fortalecendo os espaços de exibição e de debates que contribuem para formação de público, difusão e incentivo local e nacional das produções cinematográficas, disponibilizando filmes e videoclipes ao público de forma gratuita.

Para participar, os interessados devem inscrever-se no site do Festival Curta Brasília até 8 de novembro. Após validação, a organização da Gira Curta disponibilizará um link com uma seleção de curtas e/ou videoclipes, organizados em programas.

Cada programa reúne uma seleção de filmes de acordo com uma temática. Os cineclubes e outros espaços podem escolher quantos programas desejarem para exibição de uma ou mais sessões.

Festival inovador

Realizado anualmente pela Sétima Produções Culturais, com o apoio da Secretaria de Cultura do Distrito Federal, o Festival Curta Brasília acontece entre os dias 12 e 15 de dezembro, no Cine Brasília, onde premiará os melhores curtas e videoclipes produzidos entre 2018 e 2019, em duas categorias: Mostra nacional de curtas-metragens e Mostra Decibéis de videoclipes.

Com uma extensa e diversificada programação, o festival tem uma proposta inovadora e de qualidade, unindo cinema, tecnologia, música, entre outras artes, se destacando como uma experiência única entre público, obras e artistas. Durante quatro dias, o evento integra mostras de curtas-metragens nacionais e internacionais, espaço dedicado a experiências em realidade virtual, workshops, oficinas, debates, mercado de economia criativa, intervenções e performances artísticas.